15.10.04

Instantâneos a poucas horas da estreia

A voz do Dinarte, sentado para o seu monólogo, a emocionar-nos todos os dias, cada vez mais;

A Cristina a improvisar um final "à la" Pina Bausch;

A Cláudia a gritar que a sua urgência é mandar isto tudo para o caralho;

A Joana a ler António Franco Alexandre;

O olhar da Sofia enquanto diz "É uma questão, se quiseres, de sensibilidade e risco";

Os discursos al-pacinescos do Tiago para motivar e unir o pessoal;

A gargalhada do Luís;

O Marco a dizer ao microfone que é urgente que os companheiros de elenco saibam que é um prazer trabalhar com eles;

os autores, espalhando-se pelas 400 cadeiras da plateia, a trocar sorrisos cúmplices.

A hora chegou. Gostava de ter escrito todas as Urgências.
LFB

2 Comments:

Blogger Nónio said...

É sempre bom saber que abriu mais um serviço de urgências http://nonioblog.blogspot.com/

15 de outubro de 2004 às 08:38  
Blogger tiago said...

E eu?
Ass:Magda

15 de outubro de 2004 às 12:15  

Enviar um comentário

<< Home